Volvo Ocean Race

Todo barco que compete na Volvo Ocean Race é equipado com dois motores Volvo Penta. Um deles, preferencialmente, não deve ser usado durante a regata, o outro é fator decisivo para os barcos conseguirem completar a prova. 
 É assim que os motores Volvo Penta contribuem para que a Volvo Ocean Race seja concluída o mais rápido possível – e da forma mais segura possível.
Sally Collison/PUMA Ocean Racing
O motor de propulsão 

Naturalmente, o objetivo dos barcos que competem na Volvo Ocean Race, é circum-navegar os oceanos do mundo usando suas velas para atrelar o poder dos ventos sem o uso de motores. Porém, motores para propulsão são instalados nos barcos por dois motivos principais:

 

  1. Para facilitar a navegação segura em portos e durante as pernas de transporte não incluídas na competição.
  2. Para as possíveis situações de emergência, por exemplo, caso um membro da tripulação caia do barco.

Veleiros de todos os tamanhos

O mesmo tipo de casa de força da Volvo Penta pode ser encontrada em dezenas de milhares de veleiros em todo o mundo hoje. Com motores entre 10 e 140 CVs em sua gama de motores para veleiros, a Volvo Penta pode oferecer motores adequados para quase todas as classes.

• Linha de motores para veleiros

• Site oficial da Volvo Ocean Race

• A rota para 2008-2009

O motor auxiliar 

O motor auxiliar é o motor que é colocado sob maior tensão durante a Volvo Ocean Race. Em contraste com o motor de propulsão, o motor auxiliar é usado regularmente, principalmente para cobrir as seguintes necessidades a bordo:

1.     Geração de energia elétrica.

2.     Produção de água potável a partir de água do mar.

Volvo Ocean Race